Como a análise técnica pode ajudar você a ter sucesso na Bolsa?

Análise técnica

Se você se interessa pelo mercado de ações, já deve ter lido que ao dominar a análise técnica, você pode lucrar na Bolsa, certo?

Baseada no estudo de gráficos, esta análise tem chamado a atenção de muitos investidores! Você é um deles? Então, prepare-se: pois agora você vai saber o que ninguém do mercado quis te contar!

O que é análise técnica?

 

A análise técnica, também conhecida como análise gráfica, é a prática que mede as flutuações dos preços de um ativo (ações, commodities) por meio da avaliação de seu histórico.  Em outras palavras, utiliza gráficos e teorias para determinar o melhor momento de compra e venda de ações na Bolsa de Valores.

Conhecida por seu alto potencial de valorização para oportunidades de curto prazo e day trade, a análise técnica de ações é o método mais utilizado por traders, e tem atraído não só investidores e profissionais, mas também amadores que desejam ganhar dinheiro em curto período.

Dominar esta técnica, no entanto, não é tão fácil; além de conhecimento, exige timing e entendimento sobre gerenciamento de risco.

Para assimilar este conceito, basta pensar em como acontece o processo de aprendizado. Já reparou quantas vezes você já aprendeu com suas experiências? Na análise gráfica, isso acontece de forma parecida, já que esta escola de pensamento acredita que padrões podem se repetir – não exatamente da mesma forma, é claro. No entanto, é bom sempre ficar de olho neles, pois estes padrões são capazes de produzir movimentos autorrealizáveis, contribuindo para a previsibilidade de movimentos de curto prazo.

Outro ponto que você também deve levar em consideração é entender que tipo de operação combina com o seu perfil. Além disso, é fundamental também saber que dominar o assunto não acontecerá de uma hora para a outra. Se pensar assim, poderá perder dinheiro: cuidado!

 

Como funciona a análise técnica?

 

A técnica da análise acontece da seguinte forma: com apenas um gráfico, é possível identificar as tendências de oferta e demanda com base em padrões já estudados. Isso torna as decisões mais independentes, possibilitando que você se beneficie com estes movimentos.

Simples, mas nem tanto

O que todo investidor de primeira viagem precisa saber é que para ter sucesso aplicando este método, além de vontade, é necessário desenvolver uma capacidade de análise para, assim, interpretar melhor os gráficos e registrá-los em suas operações.

Como o mercado conta como uma grande variedade de técnicas, não é difícil se perder entre elas! Isso acontece porque com tanta diversidade e complexidade de indicadores e padrões gráficos, é comum que o investidor iniciante se confunda. Assim, faz interpretações equivocadas e perde o foco da própria análise. Em outras palavras: não consegue identificar a tendência e deixa escapar a decisão mais adequada sobre o investimento.

Entre os indicadores técnicos mais populares estão as médias móveis.  Muito utilizadas em análises de mercado com tendências declaradas, não é raro que investidores inexperientes as apliquem para interpretar mercados lateralizados (sem tendências).

Como assim?

Pense em um martelo. Com ele, você pode tanto colocar pregos em uma parede como abrir uma lata de sardinhas. Nem precisa dizer em qual das duas alternativas o martelo será melhor empregado, certo? Isso prova como é fundamental escolher a técnica que se alinhe com seus objetivos.

 

A importância de um analista técnico

 

Como você deve ter notado, a análise técnica pode ser aprendida, mas isso não é tarefa fácil. Só quem tem know-how consegue identificar, prever tendências e gerenciar riscos.

Ou seja, se você é um investidor iniciante, é recomendável que, além de estudar, busque um profissional qualificado na hora de investir!

Uma das bases da análise gráfica é a Teoria de Dow, uma técnica que Raphael Figueredo, um dos mais conhecidos profissionais da área e sócio da Eleven, estudou e utiliza até hoje. Ficou curioso, né?

Para saber sobre o assunto em primeira mão, basta deixar seu e-mail!

 

Ficou curioso? Clique aqui