Bolsa em alta: Buy, buy Brasil!

Bolsa em alta e mercado feliz.

Hoje abrimos o dia dizendo: “voa Bolsa, voa”! Alta de 1,62% aos 67.349 pontos, com Índice Futuro já acima dos 68.000 pontos no fechamento do pregão. Bolsa em alta, né?

O mercado parece olhar com certa perplexidade aos inúmeros resultados que trazem a palavra “recorde”! É tanta coisa “verde” que da gosto de ver. É só o começo. “O ano do stock picking“. “Fundamento vencerá o fluxo”. Temos repetido sistematicamente há meses o tamanho da janela de oportunidade que está escancarada à frente dos investidores. Mais de 50 resultados já foram analisados e apresentados a todos os clientes Renda Variável. Época de produção em massa.

Senior Solution apresentou recordes ontem. Hoje SNSL3 +4,5%. Portobello também falou em recorde. Hoje PTBL3 +8,98%. Tenda divulgou recorde. Hoje TEND3 +1,9%. Banco ABC, reportou números que consolidam diferenciais na vertical de médias empresas e alta qualidade na carteira de crédito, crescendo com fundamento quando tantos bancos retraem seus volumes de empréstimos concedidos. Hoje ABCB4 +2,48%.

Petrobras anuncia novo cronograma de desinvestimentos, mostrando compromisso com o fundamento e com a desalavancagem. Hoje PETR4 +4,17%.

Em dia de depoimento do ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, os investidores focaram na construção mais do que na destruição, pregada por tantos que alimentam a bipolaridade e aquecem os ânimos no embate político. Bela escolha. Desejamos que cada um fa;ca efetivamente seu trabalho, com isenção e responsabilidade. E nesta parte, estamos mais do que incluídos. Postura diligente e dimensionamento correto de expectativas é fundamental para garantir que as escolhas dos investidores sejam consistentes e que os resultados sejam proporcionais à oportunidade.

No noticiário corporativo, foi impossível não acompanhar a possibilidade de um negócio entre a XP Investimentos e o Itaú.

Assim nosso estrategista-chefe afirmou em sua visão sobre o negócio: “Diferente do que muito tem se falado, não significa um retrocesso ou uma amarra a um modelo arcaico e centralizador. Quando um gigante como o Itaú entra na luta por uma participação tão relevante quanto a anunciada, na XP, ao invés de ver o copo esvaziando, vejo um copo ficando cada vez maior e mais cheio. Os R$ 12 bilhões relativos à suposta avaliação da XP Investimentos não refletem quem ela foi, mas certamente aquilo que está à frente. Tratar o movimento do Itaú como uma tentativa de simplesmente impedir o nascimento de um espaço concorrencial é de uma miopia atroz. A competição está criada, consolidada e é irreversível. Mas esqueçam as projeções para a semana que vem. É um processo lento, mas estrutural e quiçá, definitivo.”

Se é tão importante compreender o fundamento e o equilíbrio entre risco e retorno, a missão da Carteira Eleven está sendo cumprida. Respeito e transparência, aliados à técnica fortalecem os lucros dos nossos clientes. Fazer diferença na construção de patrimônio das pessoas é altamente gratificante e proporcionalmente motivante para a equipe Eleven. Em Maio, Carteira Eleven acumula 7,17% de alta, contra 2,98% do Ibovespa. Quando ampliamos o horizonte para o acumulado do ano, a diferença é de 23,27% a 11,83%, com larga vantagem para a alocação recomendada aos nossos clientes.

Não há sonho vendido. Nosso Relatório Macro Brasil fundamenta nossa visão estrutural de recuperação econômica, que é substancialmente acima do consenso do mercado, mas que certamente está mais alinhada com os fatos reportados nos balanços do que com as opiniões do chamado “consenso”.

Dias menos positivos certamente chegarão. Alguns provavelmente logo. Mas a transformação e a virada são estruturais e as oportunidades estão ao seu alcance.

Não perca! Por hoje descanse, porque amanhã tem mais, muito mais!