Palavra do Rafi: Como Ibovespa pode subir, mas a minha carteira não?

o produto mais inovador do mercado financeiro de 2017, já como promessa para 2018 - o ELEVEN FUSION ANALISYS

A Eleven é uma casa de análise independente que tem como principal objetivo estudar profundamente as empresas listadas na B3. Constantemente, estamos atrás de assimetrias de mercado, isto é, oportunidades de valor para que tenha consideráveis retornos ao longo do tempo ou de preço, onde buscamos trading mais curtos com resultados imediatos.

O destaque para sessão de hoje é que nem uma coisa, nem outra, pôde ser capturada. Ao fazer uma análise mais completa de todos os setores da bolsa percebi algumas discrepâncias entre preço e valor das ações, que vale ser sublinhado para este artigo.

O Índice Bovespa fechou a sessão com valorização de +0,90%, com volume financeiro de quase R$ 9 Bilhões de reais, mas, ao passar uma lupa no mercado, percebi uma alta relativamente frágil. Eu conto o porquê.

Se olharmos no detalhe, os únicos papéis que subiram forte nas duas últimas sessões foram VALE, ITAU e PETROBRAS. Ou seja, estamos falando de um pouco mais de 30% da representação do Ibovespa – EURECA!

Sim. É possível você olhar seu homebroker e visualizar o mercado subindo forte e seus papéis amarrados. Ao observar o gráfico do IMAT (Índice do setor de Materiais Básicos), dá para perceber que é o único com uma performance relativa positiva. Os demais setores apontam para abaixo, mostrando que apenas este setor tem a capacidade de manter o Ibovespa no terreno positivo sem ameaçar uma reversão.

Como Ibovespa pode subir? Gráfico do ocorrido.

Gráfico imat

É o velho problema da grande concentração que temos no principal índice da B3, o Índice Bovespa.

 

Devemos ficar preocupados com isso?

Se você estiver comprado em Petrobrás, Vale ou Itaú certamente não deve, afinal estão subindo. Mas no cenário geral, acredito que sim.

Este é um clássico comportamento que eu gosto de chamar de “troca de mão”. Como o mercado não sobe em unidade, os investidores vão aproveitando, ainda que não haja um alarde, para realizar lucros enquanto dá oportunidade para os mais atrasados porque perderam o rally ou porque simplesmente estão encantados com o discurso “a bolsa está subindo”.

A falta de unidade é falta de consenso, consequentemente, fluxo. Por isso a preocupação. Olhando o gráfico semanal do Ibovespa dá para notar que ainda estamos diante de um forte suporte nos 80 mil pontos, mas também de resistência pelos 85.800, caracterizada pela linha de retorno do canal de alta. Veja que são 5 testes, portanto 5 topos.

Gráfico do dia

Gráfico Ibov index

Se o Ibovespa corrigir, qual seria a projeção?

Veja no gráfico diário do Ibovespa que temos um importante divisor de águas, isto é, uma antiga forte região de resistência que agora está virando suporte entre os 78 mil pontos até os 76.500, considerado “uma zona de forte suporte”.

É preciso ter paciência agora. Estamos em temporada de divulgação de resultados anuais de 2017. Ainda há muito upside para o Ibovespa. Porém, como o mercado perdeu unidade é preciso passar uma peneira muito forte.

Este é o privilégio de juntar minha análise técnica com o que a Eleven tem de melhor, a análise fundamentalista. Temos boas oportunidades de investimentos para buscar mediante a esta dificuldade de evolução do Ibovespa e a iminência de uma correção mais forte dentro da tendência alta do mercado.

É nessas horas que eu me apego às empresas de valor (fundamentos), porque o preço (técnica) vai cair no colo e você não pode ficar de fora.

Para isso, existe o FUSION ANALYSIS.

Abraços,

Rafi.