Construindo seu Futuro: Comunicado do Copom reafirma cenário promissor para FIIs

O Copom (Comitê de Política Monetária), em reunião realizada na quarta-feira, decidiu manter a taxa de juros em 6,5% ao ano, conforme esperado pelo mercado. No comunicado do comitê, há clara menção à recuperação gradual da economia interna. Para o cenário externo, existe uma alteração no tamanho e perfil de risco, mostrando um desafio para a normalização da política monetária dos países desenvolvidos.

Já as expectativas de mercado para o IPCA (índice que mede a inflação oficial do país) apresentaram queda desde a última reunião e seguem ancoradas em cerca de 3,9% para 2019, 4% para 2020, e 3,75% para 2021.

Em janeiro, o IPCA apresentou uma alta de 0,32%. Com esse resultado, o índice acumula alta de 3,78% em 12 meses, ligeiramente acima dos 3,75% acumulados até dezembro. Mas, a partir de novembro os alimentos passaram a gerar pressões altistas sobre ele, com elevação de 4,2% nos últimos 12 meses. A energia elétrica também o impactou de forma desfavorável, mesmo com um arrefecimento nos meses recentes.

Nos últimos 12 meses a média dos sete núcleos de inflação, os quais são os preços mais sensíveis ao ciclo econômico, acumulou alta de 3%. Mesmo assim, em janeiro essa medida interrompeu uma sequência de três baixas consecutivas, possivelmente indicando uma reversão na tendência.

Em nossa visão, os indicadores se mostram positivos para que a Selic encerre este ano em 7,5% e permaneça em patamares baixos, o que torna os FIIs (fundos imobiliários) ainda mais atrativos no médio prazo. Estamos com boas perspectivas com o crescimento dos investidores e a maior demanda pelos FIIs.

Agora confira os destaques entre os fundos imobiliários de 1 a 8 de fevereiro de 2019:

XTED: fundo publicou na terça-feira o resumo das deliberações tomadas na Assembleia Geral Extraordinária realizada no dia anterior, na cidade de São Paulo. A assembleia teve como ordem do dia a discussão a respeito da amortização de cotas do fundo no valor bruto total de aproximadamente R$ 20 milhões, valor referente à venda da totalidade do imóvel GT Plaza pelo valor de R$ 21,5 milhões, conforme divulgado no fato relevante de 20 de dezembro, líquido das despesas com a venda. Por unanimidade de votos, a amortização de cotas do fundo foi aprovada. Ainda na terça-feira, o fundo publicou um fato relevante ao mercado, informando a respeito da tributação acerca do pagamento da amortização de cotas em decorrência da venda do edifício GT Plaza. A administradora, BTG pactual, esclarece que, para os cotistas sujeitos à tributação, o rendimento tributável contido na amortização corresponderá ao resultado da diferença entre: R$ 11,16 por cota (razão entre o valor amortizado e a quantidade de cotas do fundo) e o custo de aquisição por cota incorrido pelo investidor multiplicado pelo percentual de patrimônio do fundo amortizado (aproximadamente 43%), de forma que o rendimento tributável corresponde a R$ 4,23 por cota.

BRCR: fundo de lajes corporativas comunicou ao mercado no dia 1, via fato relevante, que todas as condições precedentes para a conclusão do acordo entre o fundo e a empresa Brookfield foram satisfeitas, tendo se iniciado na mesma data o fechamento das respectivas compras e vendas dos imóveis contemplados na operação. Ainda no documento, a administradora estima que a parte das liquidações financeiras ocorrerá em até 30 dias, sendo certo que comunicará ao mercado sobre a efetiva liquidação das parcelas descritas no acordo.

IRDM: fundo de recebíveis comunicou ao mercado, no dia 1, por meio de fato relevante, que a gestora, Iridium Gestão, decidiu de forma voluntária, abrir mão de parte da taxa de administração correspondente aos serviços de gestão no valor de R$ 73.281, referente à competência de janeiro de 2019, em decorrência dos custos da segunda emissão de cotas do fundo imobiliário realizada em dezembro de 2018. Ainda no documento, é esclarecido que, para os próximos meses, a taxa de administração continuará a ser cobrada normalmente conforme consta no regulamento do FII.

Esta edição fica por aqui!

Você está gostando da newsletter Construindo seu Futuro? Por favor, envie sua opinião para [email protected].

Uma ótima semana a todos!

Um abraço,

Raul Grego

Imagina investir em um ativo que paga dividendos mensais, é isento de imposto de renda e tem um alto potencial de valorização? Esses são apenas alguns dos benefícios alcançados por quem investe em Fundos Imobiliários.

O time de analistas da Eleven seleciona e recomenda os melhores do mercado no produto Fundos Imobiliários, sob o comando de Raul Grego.

Quer saber mais sobre essa janela de oportunidade? Conheça o Fundos Imobiliários!