Construindo seu Futuro: FIIs nos primeiros negócios de 2019

Um dos principais destaques dos fundos imobiliários no ano passado foi a quantidade de novas emissões de cotas registradas na CVM (Comissão de Valores Mobiliários), tanto em número de ofertas, quanto em volume financeiro. Na figura 1, mostramos o gráfico dessa evolução com base em dados retirados do site da Comissão de Valores Mobiliários.

Em nossa visão, esse movimento mostra-se como uma tendência de crescimento para 2019, pois entendemos que o mercado ainda é pequeno em relação a mercados mais maduros e o retorno ao investidor é atrativo dadas as características de distribuição de rendimentos desse veículo.

Ainda em relação às perspectivas para este ano, as variáveis macroeconômicas estão favoráveis ao crescimento do mercado imobiliário: a taxa básica de juros está em 6,5%, a inflação permanece estabilizada em patamar baixo, o índice de confiança aumentou, a taxa de desemprego segue em tendência de baixa e há expectativa de crescimento do PIB de pelo menos 2% em 2019.

Com tudo isso em vista, passada a primeira semana de negócios na B3, o mercado de FIIs já começa a dar sinais positivos com IFIX, o principal índice de fundos imobiliários, em alta de 1,4% e com destaque para alguns fundos imobiliários do segmento de escritórios bem localizados: FLMA11, VLOL11, HGJH11, TBOF11.

Em relação ao mercado de lajes corporativas, projetamos redução na taxa de vacância para os próximos anos com possibilidades de reajustes de aluguel com ganho real no médio prazo e reposicionamento de preço de mercado. Esses dados devem refletir em ganho patrimonial aos cotistas e melhores rendimentos nos médio e longo prazos.

Outros segmentos devem se beneficiar também com a melhora da economia, como shopping centers, galpões logísticos, CRIs e residenciais.

Além disso, esperamos que haja maior crescimento do número de investidores de fundos imobiliário em 2019. Apesar de até novembro de 2018 esse índice ter aumentado 65%, ainda há menos de 200 mil investidores nesse mercado.

Acreditamos que a quantidade de investidores de fundos imobiliários possa ultrapassar os 350 mil no curto prazo, caso os juros se mantenham em patamares baixos e as nossas expectativas de crescimento de PIB se concretizem pra os próximos anos.

Essas informações, análises setoriais e as expectativas completas para os fundos imobiliários neste ano estão nos relatórios do nosso produto Fundos Imobiliários. Nele mostramos os panoramas do mercado e recomendamos um portfólio completo de FIIs.

Agora confira os destaques entre os fundos imobiliários de 28 de dezembro a 4 de janeiro de 2019:

IRDM: fundo de recebíveis comunicou ao mercado na sexta-feira o encerramento da oferta restrita (Instrução 476 da CVM) de cotas da 2ª emissão do fundo. No documento é esclarecido que foram subscritas e integralizadas 368.099 novas cotas, perfazendo o montante total de aproximadamente R$ 36 milhões.

VLOL: fundo de lajes corporativas comunicou ao mercado, via fato relevante, que foi recebido o valor referente ao aluguel do mês de outubro de 2018, devido por uma das locatárias. Porém ela se mantém inadimplente quanto ao pagamento do aluguel de novembro. Ainda no documento, é esclarecido que o contrato de locação em questão representa cerca de 9,4% da receita imobiliária do fundo e que o recebimento impacta positivamente a distribuição de rendimentos do fundo em R$ 0,04 por cota.

TBOF: fundo de escritórios, em continuidade ao fato relevante de 17 de dezembro, comunicou ao mercado no dia 28 de dezembro que a locatária realizou o pagamento do aluguel em atraso acrescido de multa e encargos. De acordo com a administradora, BTG Pactual, o recebimento impacta positivamente a próxima distribuição de rendimentos em aproximadamente 18,2%.

JRDM: fundo do segmento de shopping centers publicou na sexta-feira o edital de convocação para a Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 14, na cidade de São Paulo. A reunião terá como objetivo a deliberação da aprovação da 2ª emissão de cotas do fundo (oferta restrita conforme Instrução 476 da CVM) e da contratação da BTG Pactual DTVM como coordenadora líder da oferta.

Esta edição fica por aqui!

Você está gostando da newsletter Construindo seu Futuro? Por favor, envie sua opinião para [email protected].

Uma ótima semana a todos!

Um abraço,

Raul Grego

Imagina investir em um ativo que paga dividendos mensais, é isento de Imposto de Renda e tem um alto potencial de valorização? Esses são apenas alguns dos benefícios alcançados por quem investe em Fundos Imobiliários.

O time de analistas da Eleven seleciona e recomenda os melhores do mercado no produto Fundos Imobiliários, sob o comando de Raul Grego.

Quer saber mais sobre essa janela de oportunidade? Conheça o Fundos Imobiliários!