Construindo seu Futuro – So far so good

So far so good

Ninguém pode dizer que a última semana foi um tédio, né? Afinal, com o dólar nas alturas e a expectativa em relação ao corte (ou não) da taxa de juros, o mercado se manteve agitado, para dizer o mínimo!

No fim das contas, foi unanimidade! O Copom decidiu manter a Selic em 6,5% a.a, encerrando o ciclo de flexibilização monetária em vigor deste outubro de 2016.

Durante este tempo, esta taxa sofreu nada mais, nada menos, que doze cortes consecutivos, com seu marco inicial em 14,25% a.a, decrescendo para os seus 6,5% a.a atuais.

E quais foram os motivos para isso?

Para tomar esta decisão, o Copom levou em consideração alguns fatores que você já deve imaginar, como a retração da atividade econômica do Brasil nos primeiros três meses do ano e um cenário internacional desfavorável – resultado dos efeitos da escalada dos yields americanos.

O que vem pela frente…

Para as próximas reuniões, a previsão é de que o Comitê continue cuidadoso. Assim, é muito provável que mantenha a Selic neste patamar.

É claro que os próximos passos da política monetária dependerão da evolução da atividade econômica, do balanço de riscos e das projeções e expectativas relacionadas à inflação.

Como aqui na Eleven, nós não ficamos em cima do muro, posso dizer que de acordo com as análises da casa, a atividade econômica deve crescer no próximo trimestre, melhorando a indústria e os serviços e, como consequência, o desemprego decairá.

Sendo assim, vislumbramos uma Selic a 6,5% a.a ao longo de todo 2018.

Como ficam os Fundos Imobiliários nesta história?

Se você me acompanha sempre, já deve ter percebido que sou enfático ao dizer que o mercado de Fundos Imobiliários está em uma ótima fase, não?

Pois é, esta análise segue forte! Isso porque a previsão é de que tudo continue muito bem neste segmento – e em ritmo acelerado – devido às novas emissões (iniciais ou adicionais) de FIIs.

Só para você ter uma idéia, o volume de ofertas em análise é de R$ 4,6 bilhões, de acordo com dados da CVM. Um número que pode representar a maior marca de ofertas e volume financeiros desde 2013!

Assim, eu e todo o time seguimos trabalhando para analisar as próximas ofertas de FIIs de tijolo, principalmente. Logo, estamos de olho para identificar as melhores oportunidades e retornos para os cotistas no longo prazo, com gestão ativa e profissional.

Por hoje eu fico por aqui!

Espero que você tenha gostado. Fique ligado nas próximas edições de Construindo seu Futuro, para saber sempre, em primeira mão, todas as novidades sobre o mercado imobiliário e de FIIs.

Não se esqueça de enviar suas dúvidas e/ou sugestões para: [email protected]. Comigo, o canal é sempre aberto!

Aproveite para acompanhar os nossos relatórios assinando o Riqueza em Construção.

Uma ótima semana a todos.

Um abraço,

Raul Grego

Na última semana (14/05 a 18/05), os destaques para os Fundos Imobiliários foram:

MALL – Aprovada a 2ª emissão de cotas do Malls Brasil Plural Fundo de Investimento Imobiliário. A oferta será de 2.697.096 novas cotas,com um valor unitário de R$ 100,00/cota, já considerados os custos de emissão. Após a divulgação de mais detalhes,atualizaremos nossas projeções e publicaremos nossa recomendação sobre a participação na 2ª emissão do fundo.

HFOF – Também foi aprovada a distribuição pública das cotas da 2ª emissão do fundo no montante total de mais de R$ 289 milhões e por R$ 103,20/cota, já considerados os custos da oferta. Os cotistas que possuírem HFOF11 na data de divulgação do Anúncio de início da Oferta poderão exercer direito de subscrição das cotas da 2ª emissão ao fator de proporção de 1,3240. Já os interessados em iniciar sua participação no fundo através da oferta, deverão obedecer ao valor mínimo de 250 cotas, o equivalente a R$ 25.800,00.

HGCR – Devido à suspensão temporária da oferta do fundo, que está, atualmente, em andamento, em razão do envio dos termos de adesão pelas corretoras participantes fora do prazo, foi adiado, em um dia útil, o fim do prazo de subscrição. Assim, ele será encerrado hoje.

XPML – Aprovada a 2ª emissão de cotas do XP Malls Fundo de Investimento Imobiliário ao valor unitário de R$ 100,00/cota. A oferta será no valor de até R$ 780 milhões, com garantia firme da XP Investimentos de R$ 200 milhões, valor mínimo para sua realização. O montante será destinado para a aquisição de 5 shoppings (Cidade Jardim – SP, Catarina Fashion Outlet – SP, Ponta Negra – AM, Bela Vista – BA e Cidade Jardim Shops – SP), totalizando um portfólio com 8 ativos após realizadas as aquisições. Daremos continuidade a cobertura do fundo iniciada em nossa análise pré-IPO com uma recomendação sobre a participação nesta nova emissão.