Construindo seu Futuro – We are on the same (good) page

WE ARE ON THE SAME (GOOD) PAGE

Nesta última quarta-feira, dia 18/4, aconteceu o Painel Fundos Imobiliários Back For Good, um evento muito bacana da XP. Como não poderia ser diferente, eu fui lá conferir para compartilhar minhas impressões com você!

Para começar, o encontro só contou com feras. Muito bom poder conhecer as diferentes visões de mercado em variados segmentos de FIIs por meio de grandes nomes, como: Gustavo Garcia (Cushman & Wakefield), Daniel Caldeira (Mogno Capital), Ricardo Almendra (RBR Asset Management), André Freitas (Hedge Investments), Bruno Laskowsky (Credit Suisse) e Fauze Antun (Patria).

Um bom consenso

A valorização dos fundos imobiliários desde 2016 é fato! Se isso se deve apenas à queda dos juros ou também à retomada do setor imobiliário, não há unanimidade. No entanto, há consenso sobre a escolha por ativos de qualidade e contratos com empresas que os cumpram.

Importante também foi a conclusão de que o mercado de FIIs tem evoluído por meio de alguns fatores que merecem destaque, como: novas emissões, aumento de investidores (pessoa física e institucionais) e melhora da liquidez.

Com tudo isso, a conclusão óbvia é que estamos em um ótimo momento para investir em fundos imobiliários, mas é preciso olho vivo na hora de escolher os empreendimentos e ativos.

Você pode acompanhar as melhores recomendações de fundos imobiliários com o nosso Riqueza em Construção. Nele eu apresento um panorama completo do cenário de FIIs com: preço-alvo, cotação atual e dividendos projetados, entre outros.

 

Uma ótima semana a todos.

Um abraço,

Raul Grego

Na última semana (16/04 a 20/04), os destaques para os fundos imobiliários foram:

CBOP – O Castello Branco Office Park FII realizou no dia 16 de abril a Assembleia para a votação sobre o desdobramento de suas cotas na proporção de dez novas para cada uma existente. A proposta foi aprovada com presença de cotistas representando 51,89% do total de cotas do fundo. Com isso, no dia seguinte ao de realização da votação, passaram a ser negociadas as cotas advindas do desdobramento.

HGJH – Assim como o CBOP, o CSGH HGJH Prime Offices FII aprovou em Assembleia o desdobramento de suas cotas na proporção de dez novas para cada uma existente no dia 16 de abril.

HGLG – O fundo aprovou o desdobramento de suas cotas, com decisão tomada no dia 17 de abril, e as cotas na proporção de dez novas para cada uma anterior.  A negociação começou no dia seguinte.

RBRD – O RB Capital Renda II FII comunicou que devido ao atraso no pagamento do aluguel de um dos imóveis de seu portfólio referente ao mês de fevereiro, o rendimento distribuído foi menor. O atraso corresponde a cerca de 10,56% da receita imobiliária mensal do fundo e foi regularizado no dia 2 de abril. Assim, a distribuição do valor recebido será efetuada junto com os rendimentos do mês atual.

 

AGCX – A proposta da administradora de alteração do regulamento do fundo para que seja permitido o investimento em ativos que não sejam agências bancárias teve o seu cronograma de aprovação alterado. A consulta aos cotistas está sendo realizada por meio de carta e, como algumas ainda não foram recebidas pelos investidores, o prazo de envio das respostas foi prorrogado de 27 de abril para 18 de maio. Assim, o prazo de divulgação de resultado também foi alterado, e será em até dois dias úteis após o encerramento do prazo para envio dos votos.

GGRC – O fundo realizou mais uma aquisição com o capital arrecadado em sua 2ª emissão, esta no valor de R$ 32 milhões. O imóvel está localizado na Rua Padre Auling, Bairro Industrial, na cidade de João Pessoa e consiste em um galpão industrial com cerca de 14 mil m² locado à Copobrás pelo valor mensal de R$ 320 mil. Assim como os demais contratos de locação firmados pelo fundo o firmado com a Copobrás para este imóvel é atípico, com prazo de duração de 15 anos, renováveis por mais 15, com correção anual pelo IPCA, com início na data de sua assinatura, 19 de abril de 2018 e com seguro fiança. O valor bruto do rendimento por cota é de R$ 0,083.