Da Amazon para seus investimentos!

Amazon é case de investimentos, entenda o porquê.

Na última sexta-feira, a Amazon, que iniciou como uma loja de livros pela internet e hoje em dia é a gigante do varejo on-line, anunciou a compra da rede de supermercados americana, a Whole Foods Market. O valor da aquisição, de 13,7 bilhões de dólares significou a maior compra da história da Amazon. O fundador e executivo-chefe da Amazon, Jeff Bezos, disse:

“Whole Foods está fazendo um trabalho incrível e queremos que isso continue nas próximas décadas”.

“Não estou nesse negócio em busca de pequenos ganhos o tempo todo. Posso esperar pelos poucos ganhos muito, muito grandes.” – Peter Lynch

Parece estranha essa compra, não? Mas antes de olharmos para a motivação de Jeff Bezos em particular, é importante olharmos por que a forma de pensar seus investimentos, que revolucionou a indústria do varejo nos EUA, pode também ajudar o pequeno investidor brasileiro em sua jornada na Bolsa.

O planejamento de longo prazo da Amazon incentiva seus funcionários a pensarem em métricas dos negócios, ao invés de só focarem nos resultados financeiros do próximo trimestre. Bezos é notoriamente desinteressado pelo preço das ações da Amazon. Prefere se concentrar nas métricas fundamentais como fluxo de caixa, crescimento de receitas, e, principalmente, na geração de valor para os seus clientes.

Essas métricas são impulsionadas pelos investimentos de longo prazo da Amazon no crescimento futuro, como na aquisição dessa sexta. Na verdade, Bezos recentemente disse em entrevista que os resultados trimestrais dependem de movimentos feitos pela empresa três anos antes. Conseqüentemente, isso dificulta a empresa prever os ganhos do próximo trimestre ou atender às expectativas dos analistas de mercado. O empresário não se importa – ele está mais preocupado com os anos seguintes, e não com a próxima divulgação que vai ajustar planilhas de analistas de sell-side.

“Se precisássemos ver resultados financeiros significativos em dois a três anos, algumas das coisas mais significativas que fizemos nunca teriam começado. Coisas como Kindle, Amazon Web Services, etc. A lista é longa.”

Até recentemente, a Amazon sofria pressão do mercado por não reportar lucros, preferindo reaplicar seu capital em investimentos para crescer, oferecer melhores serviços e entrar em novos mercados. Este é exatamente o oposto do que a maioria dos agentes do mercado financeiro, ávidos por resultados imediatos, procura. A maioria absoluta insiste em não entender que os lucros potenciais futuros de uma empresa são limitados pelo tamanho de sua concorrência. Na visão de Bezos, o pensamento de longo prazo, ao investir para crescer e aumentar seu portfolio de serviços, reduz a concorrência que enfrenta no mercado de negócios.

“Se tudo o que você faz precisa dar resultado em um horizonte de três anos, então você está competindo contra muitas pessoas. Mas se você estiver disposto a investir em um horizonte temporal de sete anos, agora você está competindo contra uma fração dessas pessoas, porque poucas empresas estão dispostas a fazer isso.”

Então veja: a citação acima é altamente aplicável ao mundo dos investimentos. Você pode reduzir de forma significativa o número de concorrentes ao investir com um longo horizonte de tempo. A maioria dos investidores busca medir seu desempenho em bases mensais, no máximo trimestrais. Isso os impede de olhar um pouco mais adiante, e participar de projetos promissores, que podem demorar algum tempo para maturar – e justamente por isso ainda não estão caros.

Portanto, tanto para empresários como para investidores, a capacidade de fazer negócios com o olho no longo prazo apresenta uma poderosa vantagem competitiva. Se acreditarmos que uma ação vale R$ 10 e está negociando em R$ 5, podemos comprá-la sem sentir a pressão de que essa compra dê resultados no mês seguinte.

Provavelmente a Amazon entrou nesse negócio bilionário de rede de supermercados ciente de que no início essa operação trará algumas dificuldades, até que entenda como funciona esse ramo do varejo. Nos próximos anos, porém, a ideia é que a empresa continue sua rota de crescimento, oferecendo uma nova linha de produtos aos seus clientes. Vocês viram a análise da equipe Eleven sobre a aquisição da Natura? Mercado bateu duramente na companhia. Clientes Renda Variável receberam nossa leitura do potencial transformacional, que certamente não virá daqui a 90 dias.

Em suma, investir com um horizonte de longo prazo, como a Amazon de Jeff Bezos, reduz a concorrência de grande parte dos investidores focados nos lucros de curto prazo, e nos permite participar das oportunidades de investimento em excelentes empresas descontadas, que exigem um horizonte temporal mais longo. Acredite, costuma pagar muito bem. MUITO bem!

Um abraço e ótimo domingo!

André Prates

Siga no Twitter: @apratesr