Hoje foi dia de Yellen, bebê!

Tom mais conservador do que esperavam no discurso da presidente do FED, Janet Yellen, sobre a alta dos juros ocasionou altas nas Bolsas internacionais.

O tom mais conservador do que o consenso esperava no discurso da presidente do FED, Janet Yellen, sobre a alta dos juros foi a deixa para as altas nas Bolsas internacionais. Em nossa leitura os agentes estavam projetando de forma exagerada o movimento de elevação, desconsiderando a postura de cautela do comitê de política monetária americana frente ao cenário de alta incerteza na economia.

De acordo com a fala de hoje, mantemos nosso racional de mais duas altas de 0,25 pontos percentuais em 2017 e mais três altas de mesma magnitude no próximo ano, até atingir um juro real zerado no final de 2018.  Para ajudar ainda mais, a Moody’s retirou a perspectiva negativa do Brasil, considerando que o quadro macroeconômico está demonstrando sinais de evolução. Hey, Brasilia… saúde nas contas públicas. RE-FOR-MAS!

Se o resultado destas “surpresas” foi uma tarde de luzinhas verdes piscando para a maioria das ações listadas na Bovespa, as empresas ligadas ao minério de ferro ainda ganharam um gás extra com a alta de 3% no preço da commodity no mercado chinês. A exceção, como esperado, ficou por conta das companhias exportadoras, pela readequação de expectativas sobre uma alta na moeda americana. Vale e Gerdau, nossas escolhas ligadas ao setor, registraram altas de 6,75% e 5,39% respectivamente. Resultado, índice acima dos 66.200 pontos em forte alta de 2,32%.

Fora do índice, tivemos um dia de extremos: Portobello e Movida em tendência de alta nos papéis, e que ainda apresentam bastante espaço para apreciação segundo nosso time, tiveram elevações de 10,0% e 4,3% respectivamente. Na ponta oposta Anima foi fortemente penalizada pelo resultado reportado ontem à noite, com queda de 5,3%. Em nosso entendimento o movimento foi reflexo de uma visão míope do mercado, não enxergando os ganhos qualitativos realizados pela companhia ao longo de 2016. Permanecemos confiantes no case, que assim como as duas primeiras também é integrante de nossa Carteira Eleven.

Os principais relatórios de análise de companhias podem ser encontrados em nossa área especial “Relatórios Avulsos” para aqueles que ainda não são clientes da Eleven. Das protagonistas de hoje, ali você pode encontrar, Gerdau, Portobello, Movida e muito mais. Amanhã no TV Eleven vamos falar muito sobre o confronto da realidade e a expectativa, ajustando as percepções de risco e oportunidades para 2017. E para fechar a semana, sexta-feira teremos o Macro Brasil 2017 da Eleven no ar!