Ibovespa sobe 1,85% na contramão das bolsas globais

Ibovespa em alta. Daqui não saio, daqui ninguém me tira

Ibovespa

Ibovespa fechou em forte alta no penúltimo pregão do ano na contramão dos mercados globais. Em dia de baixo volume negociado, o principal índice de ações brasileiro subiu 1,85%, tratando-se da quarta alta consecutiva do Ibovespa. O bom humor veio com a notícia de que o presidente Michel Temer decidiu vetar parcialmente o projeto de renegociação de dívidas dos estados.

O destaque do Ibovespa ficou para as ações da Cosan (CSAN3) que subiram 5,7%, seguidas pelos papéis da BB Seguridade (BBSE3, +4,0%)  e Bradesco, (BBDC4, + 3,5%).

As maiores quedas do dia ficaram para os ativos da Localiza (RENT3, -2,2%), Gerdau (GGBR4, -1,9%) e BRMalls (BRML3, -0,8%).

Dólar

O Dólar subiu 0,31% frente ao Real fechando em R$ 3,28 em dia de baixa liquidez e seguindo a tendência do mercado de moedas.