Renda Variável, o que é?

Renda variável explicada de foma didática e consistente.

Investimentos em Renda Variável são aqueles em que o retorno não pode ser quantificado no momento em que os recursos são aplicados.

Dentre os mais conhecidos estão: Ações, Fundos de investimento, Commodities, Opções, entre outros.

Quando tratamos de Renda Variável, o que são ações?

Ações são a representação em quotas do capital social de uma empresa. Na bolsa existem dois tipos de mercado: o normal, em que as ações são vendidas em lotes (1 lote = 100 ações) e o fracionário, onde é possível comprar até 1 única ação. Em nosso produto carteira mostramos a melhor opção de alocação de recursos neste tipo de investimento segundo o critério dos nossos analistas. Veja as nossas recomendações nos nossos produtos : Renda Variável e Carteira Eleven.

O que são Commodities?

Commodities são mercadorias que não sofreram alteração de processo produtivo, como por exemplo, metais (cobre, platina, ouro), cereais (trigo, milho, soja), café e frutas. Podem ser divididas em quatro tipos (commodities minerais, financeiras, ambientais e agrícolas).

A compra e venda destas mercadorias é normalmente realizada através de contratos futuros em bolsas que realizam a padronização mínima das quantidades a serem negociadas.

O que são Opções?

Opções são contratos sobre um direito de compra ou de venda de um determinado ativo a um preço e duração previamente estipulados. Aqui há um espaço para aqueles que vivem mais profundamente o mercado financeiro realizar as chamadas operações de alavancagem e as mais estruturadas “apostas”. Exposição a risco é muito mais alta, porém as possibilidades de retornos também podem exceder o das ações. Não recomendamos esta modalidade para quem não estiver totalmente seguro dos riscos e procedimentos.

Quer aprender mais sobre como comprar ações? Veja neste artigo para iniciantes!