Investimento em renda fixa e renda variável: por que fazer os dois

Entenda as diferença entre Renda Fixa e Renda Variável

Investimento em renda fixa e renda variável: por que fazer os dois

Investir em renda fixa ou renda variável depende do perfil de risco do investidor. Quem tem mais apetite ao risco prefere ações, derivativos, câmbio, etc. Quem é mais conservador pode investir no Tesouro Direto, CDB, entre outras opções. Mas o ideal é que você, independentemente do seu perfil, faça os dois tipos de investimento.

Diversificar é a maneira eficiente para você ter sucesso. Afinal investir em renda variável pode gerar maior retorno, em contrapartida o investimento em renda fixa traz maior segurança.

Mas o investimento em renda fixa fica menos atraente quando os juros estão baixos. Atualmente a taxa básica de juros está em 6,5% ao ano e a previsão é que ela encerre 2019 em 8%. Ou seja, continuará em patamares baixos.

Saiba qual a relação da renda fixa e renda variável com a taxa básica de juros, a Selic:

Renda fixa

Quando dizemos que um investimento é de renda fixa, isso significa que os parâmetros que definem seu rendimento são conhecidos de antemão. Dá para notar que isso não equivale a dizer que se conhece o rendimento exato da aplicação, certo? Afinal, existem dois tipos diferentes de investimentos de renda fixa: os prefixados e os pós-fixados.

Na renda fixa prefixada o rendimento da aplicação é, de fato, conhecido no momento em que se faz o investimento. No entanto, isso se dá com uma condição: desde que o investidor permaneça com a aplicação até o seu vencimento.

Já na renda fixa pós-fixada os rendimentos são atrelados a algum indicador, que pode ser o o CDI (Certificado de Depósito Interbancário), o IPCA (índice que mede a inflação oficial do país) ou a taxa Selic. Isso quer dizer que o rendimento depende de fatores macroeconômicos, como os juros.

Renda variável

A principal característica dos investimentos de renda variável é que seu retorno varia, como o próprio nome já nos diz. Por exemplo, no caso das ações, o preço sobe e cai conforme as negociações do mercado.

Quando as taxas de juros estão baixas, a renda variável passa a ser ainda mais visada porque, como a renda fixa está atrelada também aos juros, ela rende menos e faz com que os investidores procurem opções mais arriscadas.

Os juros mais baixos somados à inflação controlada, capacidade ociosa e diminuição do desemprego criam uma grande oportunidade na renda variável atualmente. Mas você não deve aproveitar esse ciclo sem lembrar da diversificação. É importante você sempre manter um portfólio balanceado. “Não dá para a gente pensar em um ciclo de mercado em que a gente não tenha uma parte do nosso portfólio em renda fixa. Criar a parte defensiva sem abrir mão de buscar um alfa sobre a referência é bastante importante”, disse nosso estrategista-chefe, Adeodato Netto, em um webinar sobre renda fixa realizado, junto com o nosso analista Odilon Costa, no nosso canal do YouTube.

No webinar, foi exposto que, para buscar as melhores oportunidades em renda fixa, você deve encontrar investimentos que tenham performance acima da referência de mercado que, pode ser o CDI. “Se você tiver no portfólio uma parte equilibrada de renda fixa e conseguir um alfa em relação ao CDI, é interessante. Porque, quando a inflação está estruturalmente baixa, se você estiver ganhando estruturalmente do CDI, você está captando ganho real”, explicou nosso estrategista-chefe.

Ainda segundo Adeodato, ter renda fixa em seu portfólio permite que você se arrisque mais na renda variável, visando maior retorno, já que uma parte da carteira está protegida.

Assista ao webinar completo:

Seleção ElevenPensando que você deve conter um portfólio de investimentos que contenha renda fixa e renda variável, criamos o Carteira Eleven, produto que entrega ao investidor três carteiras de investimento: duas de renda variável, sendo uma focada em valorização e a outra em dividendos, e a terceira carteira focada em renda fixa. Assim, você potencializa a sua segurança e rentabilidade.

O Carteira Eleven já disponibiliza a alocação do portfólio e ainda é complementado pelos relatórios frequentes sobre mais de 130 empresas do produto  Renda Variável.

Acreditamos que você pode ir além no seu processo de construção de riqueza.

Conheça o Carteira Eleven.