Dicas para investir: Em investimentos, separe as SUAS emoções, das do mercado!

Não raro figura entre as dicas para investir com sucesso no mercado acionário o autocontrole das emoções. De fato, faz sentido.

Não raro figura entre as dicas para investir com sucesso no mercado acionário o autocontrole das emoções. De fato, faz sentido. A figura do investidor com nervos de aços que não se abala com as grandes viradas da Bolsa e realiza movimentos precisos e estritamente racionais no meio da tempestade está no imaginário de todos que se iniciam no mercado financeiro.

“Eu acho que os mercados nunca serão eficientes por causa da natureza humana.” – Seth Klarman

O ponto é que descendo ao mundo real, formado por mulheres e homens com as mais diversas características comportamentais, quase ninguém consegue de fato se manter incólume a uma queda, mesmo que momentânea, digamos de 10%, no patrimônio alocado em renda variável. Acredite, não é fácil sequer para quem já investe há décadas.

Controlar totalmente as emoções, o tempo todo, é humanamente impossível, na medida que elas fazem parte do “pacote original” quando nascemos. Não é um item opcional. Seres humanos são emocionais em sua essência.

Em fato, ao longo dos tempos, emoções como medo e ambição foram muito úteis para que a espécie humana sobrevivesse e evoluísse. Portanto, o investidor que acredita que pode dominar por completo fatalmente irá incorrer em algum erro tomado pelo calor do momento. O motivo é trivial: nem o mais frio dos homens consegue ser estritamente racional em momentos de extremos. Eventualmente o investidor que tenta controlar suas emoções acabará por agir por impulso.

Dale Carnegie disse em seu livro quase centenário “Como fazer amigos e influenciar pessoas” que a melhor forma de vencer uma discussão é evitando-a. Traçando um paralelo, a melhor forma de não se deixar levar pelas emoções na Bolsa é simplesmente não se deixar contaminar por elas. Ou seja, a melhor hora para se tomar uma decisão de compra ou venda na Bolsa é justamente quando ela está fechada, isolada de momentos de oscilações do seu papel.

Bolsa é um lugar caro para testar seu autocontrole. Deixe os momentos emocionantes em atividades onde você poderá encontrar adrenalina sem expôr suas finanças, como saltar de paraquedas ou assistir ao jogo do seu time de coração. Se o seu objetivo final no mercado financeiro é a formação consistente de patrimônio, o melhor a fazer é fechar o home broker e só o abrir quando tiver uma decisão de investimento respaldada por argumentos bem fundamentados. Fora isso, o tempo será melhor utilizado ao ler um livro ou uma caminhada no parque.

Nesta hora lembro muito que Adam Smith, confesso que não tenho certeza se em Teoria dos Sentimentos Morais ou em Riqueza das Nações, afirmou que O verdadeiro valor das coisas é o esforço e o problema de as adquirir. Momentos como o citado acima só corroboram o argumento do grande economista e filósofo escocês.

É atribuída a Napoleão Bonaparte a definição de que gênio é o sujeito capaz de fazer atividades comuns em momentos incomuns. Evitar as emoções, e não tentar controla-las certamente irá gerar resultados muito acima da média, mitigando o risco de cometer grande parte dos erros originários dos espasmos intrinsicamente humanos.

Ainda citando Smith, “A ambição universal do homem é colher o que nunca plantou.” Se você escolheu seus investimentos amparado pela técnica, pelo fundamento e com a correta expectativa do tempo, respire e canalize suas emoções para um dia como hoje.

Aproveite o que ama. Ótimo domingo a todos!